Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de junho de 2017

MORREU ADAM WEST: BATMAN!

Batman: Adam West.
Adam West, o eterno Batman da TV nos deixou neste último dia 09 de junho. Uma perda muito sentida para uma legião de fãs que cresceram curtindo as aventuras da dupla dinâmica Batman e Robin (Adam West e Burt Ward). O ator, de 88 anos, perdeu a luta contra um câncer causado por uma leucemia.

West nasceu em Walla Walla, EUA, no dia 19 de setembro de 1928. Estreou no cinema em 1957, numa produção chamada Voodoo Island. Nesse primeiro filme, não teve seu nome creditado.

Adam West tornou-se um mito ao interpretar um dos mais famosos heróis dos quadrinhos: Batman. Ao lado de outro mito da TV, Burt Ward, West popularizou a personagem criada por Bob Kane, em 1938. A série estreou na Tv americana em 1966 e foi produzida até 1968, tornando-se um grande sucesso.

Embora, se ache quem o considere um ator que só soube se sair bem como o Batman na TV, na verdade, Adam West soube aproveitar a popularidade criada por conta do sucesso da série e capitalizou junto com Burt Ward, Julie Newmar e outros atores que participaram do seriado, a notoriedade aumentada por suas participações em convenções, documentários, livros e eventos em torno da série. Isso deveu-se, especiamente, pela entrada em cena de um novo veiculo de comunicação de massa chamado Internet!

A Dupla dinâmica: Batman e Robin
Mesmo assim, o nome Adam West consagrou-se de forma que ele teve participações em outros programas televisivos: em Family Guy (no Brasil, Uma Família da Pesada) ele é ele mesmo como o Adam West.

Recentemente, em 2016, o ator voltou a interpretar ao lado de Burt Ward e Julie Newmar, dublando a personagem que o consagrou: Batman, dessa vez na animação Batman & Robin – O Retorno da Dupla Dinâmica.

Novamente, em 2017, encerrou a carreira interpretando Batman na animação Batman Vs Duas Caras em que trabalhou ao lado do não menos famoso William Shatner (o eterno Cap. Kirk de Jornada nas Estrelas).

O certo é que todos nós que curtimos as aventuras da dupla dinâmica na TV ficaremos com uma enorme saudade desse grande ator que eternizou uma das mais importantes figuras da Época de Ouro dos seriados televisos.
Adam West, em 2016, promovendo Batman, O Retorno da Dupla Dinâmica.
Equipe técnica preparando uma cena de Batman.
Gravação em frente à locação da Batcaverna, em Bronson Caves.
Adam West (Batman) e Angela Cartwiright (Penny Robinson, de Perdidos no Espaço).
O Prefeito Adam West, em Uma Família da Pesada.
Adam West veste o capuz de Batman.

Foto rara dos bastidores de Batman: nosso herói sem o calção e o cinto de utilidades. Adam, como Batman, conversa com a equipe técnica.

terça-feira, 23 de maio de 2017

MORRE MOORE... SIR ROGER MOORE!

O ator Roger Moore, nome artístico de Sir Roger George Moore, que interpretou mais vezes o famoso agente secreto de Sua Majestade no cinema - 12 vezes - morreu hoje, dia 23 de maio, aos 89 anos, na Suíça. O comunicado oficial foi feito pela família nas redes sociais.

Bond... James Bond!
Sir Roger Moore enfrentava uma árdua batalha contra um câncer que chegou ao fim hoje. 

Em 1985, ele havia conseguido vencer um câncer de próstata. Não sabemos informar, ainda, se o câncer dessa vez foi do mesmo tipo.

Sir Roger Moore foi, certamente, o mais carismático dos 007s do cinema. Sua interpretação deu leveza e humor à personagem, criação do escritor inglês Ian Fleming, em 1953.

Além do papel como James Bond, o agente 007, Sir Roger Moore atuou em sérias consagradas da TV: de 1958 até 1959 interpretou Sir Wilfred de Ivanhoé, em Ivanhoéde 1962 até 1969 Simon Templar em O Santo; de 1971 até 1972 foi o sofisticado Brett Sinclair no, infelizmente, curto seriado The Persuarders, ao lado do amigo Tony Curtis.

No dia 13 de janeiro de 1979, Sir Roger Moore estava no Brasil filmando 007 Contra o Foguete da Morte (Moonraker). Naquela data a equipe técnica estava gravando cenas no bondinho do Pão de Açúcar. Paulo Fernandes, amigo de Moisés estava no local e lembra de ter visto um simpático Roger Moore tomando uma bebida ao lado dos atores e técnicos da equipe de filmagem, entre eles, o gigantesco, Richard Kiel, que tinha tinha 2,18 metros de altura e interpretou Jaws (no Brasil, Dentes de Aço). Kiel faleceu em 10 de setembro de 2014.

Em 1983, ao filmar 007 Contra Octopussy, o ator tomou contato com a extrema pobreza da população indiana. Esse fato o levou a se engajar na luta para as melhorias das populações necessitadas o que o tornou Embaixador da Unicef, desde 1991 até hoje, dia de sua morte.

Em 1999,tornou-se Cavaleiro do Império Britânico, quando recebeu o título de Sir conferido por sua Majestade, a Rainha Elizabeth II.

Assim, a vida imitou a arte e Roger George Moore, ganhou o título de Sir que tinha sua personagem, em Ivanhoé.

Sir Roger Moore no Pão de Açúcar, em 1979, filmando 007 Contra o Foguete da Morte (Moonraker).
Da esq. para a dir.: Moore e o amigo Richard Kiel brincam no set de 007 Contra o Foguete da Morte (Moonraker/1979) e em foto mais recente.


The Persuaders - de 1971 a 1972 - Tony Curtis e Roger Moore. 
O Santo - de 1962 a 1969.
Moore e o amigo Sean Connery, o primeiro 007 do cinema.

Sir Wilfred de Ivanhoé, em Ivanhoé (1958-1959).
Sir Roger Moore em foto de 2012.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

MORRE TELMO DE AVELAR, A VOZ BRASILEIRA DO PROFESSOR LUDOVICO VON PATO


Telmo de Avelar
  Morreu no último dia 09 de janeiro de 2017 – aos 93 anos – o ator, dublador e tradutor Telmo de Avelar. Seu verdadeiro nome era Telmo Perle Münch, nascido em Curitiba, em 02 de outubro de 1923. Entre seus trabalhos mais conhecidos como dublador estão a primeira voz oficial no Brasil do Pateta, além do Professor Ludovico Von Pato; Myko (Mike Kellin, no episódio “Os Torneios Mortais de Gama 6”, de Perdidos no Espaço. Ele pode ser lembrado, também, por ser a voz de James Stewart, em Janela Indiscreta (2ª dublagem) e como Ransom Stoddard, em O Homem Que Matou o Facínora.

Prof. Ludovico Von Pato
  Estava morando no Retiro dos Artistas há 03 anos.

  Segundo a amiga, e também dubladora, Flávia Antonelle, em entrevista ao portal EGO, Telmo de Avelar esteve pessoalmente com Walt Disney. Traduziu e adaptou músicas de vários clássicos da Disney, como O Rei Leão e Aladdin. Dirigiu a série Família Dinosauro. Foi dele a criação do nome Dino da Silva Sauro.

  Telmo foi internado no dia 06 de janeiro de 2017 no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca por conta de complicações no tratamento contra um câncer e morreu vítima de falência múltipla de órgãos.

  Deixou uma filha, Isabela.

  Atualmente, Telmo de Avelar pode ser visto na reprise da novela Pai Herói que está sendo exibida no Canal Viva. Ele é o delegado Sandoval. No capítulo 117 que irá ao ar hoje, dia 28 de fevereiro de 2017, ele volta novamente ao papel do delegado Sandoval e receberá a personagem Norah, interpretada por Beatriz Segall e seu marido, Horácio – Emiliano Queiroz – que irão noticiar o sumiço de Carina Brandão, personagem de Elizabeth Savalla.

Telmo de Avelar (1923-2017)

Telmo de Avelar interpreta o delegado Sandoval, na reprise da novela Pai Herói (1979), no Canal Viva. O episódio acima é o 117 e irá ao ar, hoje, dia 28 de fevereiro de 2017.
Em 1979, em Pai Herói.

Telmo de Avelar dublou o ator Mike Kellin (Myko), em Perdidos no Espaço, no episódio Os Torneios Mortais de Gama 06.
Dublou, ainda, o ator James Stewart nos dois clássicos acima: Janela Indiscreta (1954), de Alfred Hitchcock e O Homem Que Matou o Facínora (1962), de John Ford (na cena, a personagem de James Stewart tenta aprender a atirar com outra personagem interpretada por ninguém menos que... John Wayne!!!).

Telmo de Avelar foi a primeira voz oficial no Brasil do Pateta.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

O DUBLÊ DE GUY WILLIAMS NO SERIADO ZORRO

   Buddy Van Horn não é apenas um renomado coordenador de dublês. Ele é, também,  dublê em consagrados filmes de cinema e seriados da TV. Entre os muitos filmes que atuou como coordenador de dublês ou dublê podemos citar: Príncipe Valente (1954); A Volta ao Mundo em 80 Dias (1956); O Espadachim de Siena (1962); Deu a Louca no Mundo (1963); Meu Nome é Coogan (1968); O Estranho Sem Nome (1973); Magnum 44 (1973); O Franco Atirador (1978); Doido para Brigar... Louco para Amar (1978); Impacto Fulminante (1983). Um Agente na Corda Bamba (1984). Mais recentemente trabalhou em J Edgar (2011); Gran Torino (2008); Cartas de Iwo Jima (2006) e muito mais.

    Ainda que não tenhamos publicado a relação completa dos filmes em que Buddy Van Horn trabalhou, podemos constatar observando a relação acima que ele teve uma sólida parceria com Clint Eastwood.

   Buddy Van Horn também dirigiu filmes: Punhos de Aço - Um Lutador de Rua (1980); Dirty Harry na Lista Negra (1988) e Cadillac Cor de Rosa (1989).

   Como diretor de segunda unidade atuou em Magnum 44 (1973); Rookie: Um Profissional do Perigo (1990 - neste filme a nossa Sônia Braga atuou ao lado de Clint Eastwood, Charlie Sheen e Raul Julia. Sua personagem no filme fez Charlie Sheen passar maus bocados); Epidemia (1995) e Poder Absoluto (1997).

 Mas há uma razão pela qual queremos chamar a atenção para o trabalho de Buddy Van Horn. E é justamente pelo seu trabalho numa saudosa série da TV que a todo tempo tratamos aqui no Blog. Ele foi o dublê de Guy Williams no seriado Zorro de 1957 produzido pelos Estúdios Disney. Na série, Buddy substituiu Guy Williams nas cenas mais complicadas de ação. Aquelas em que o Zorro pulava de um muro e saia galopando o seu bravo Tornado, entre outras.

   Abaixo, algumas fotos de Buddy Van Horn em atividade:

Buddy Van Horn

Buddy Van Horn dirigindo Clint Eastwood em Dirty Harry na Lista Negra (1988).
Guy Williams esgrima com o seu dublê em Zorro, Buddy Van Horn.

Guy Williams com o filho, Guy Williams Jr. e o seu dublê, Buddy Van Horn.

Correção: o garoto na foto não é o filho de Guy Williams. De acordo com o livro Guy Williams The Man Behind the Mask, da escritora Antoinette Gigenti Lane trata-se de Robert Foster, filho do diretor da série Norman Foster que, inclusive, dirigiu o primeiro episodio. Guy Williams e Buddy Van Horn gravavam o episódio 23, O Segredo da Serra (The Secret of the Sierra), na cena da avalanche. Pedimos desculpas.
Buddy Van Horn como Zorro.

Buddy Van Horn salta sobre Tornado.
Opa! Não, esse não é nenhum dublê de Guy Williams! É o Sargento Garcia (Henri Calvin) que vestiu-se como Zorro num dos episódios da série.
   

SERIADOS ANTIGOS DA TV - Curiosidades sobre as suas séries de TV favoritas.

SERIADOS ANTIGOS DA TV - Curiosidades sobre as suas séries de TV favoritas.
Da esq. para a dir.: Bastidores do seriado Zorro, Estúdios Disney, 1957 ; Jonathan Harris, o Dr. Smith de Perdidos no Espaço no Programa da Hebe; estúdio em Burbanck onde foram gravados os seriados A Feiticeira, Jeannie é um Gênio, entre outros; bastidores do seriado Batman, 1966; Erin Murphy, a Tabatha do seriado A Feiticeira, em frente à casa onde foi gravada a série.